Papo de Mãe | Amamentação – Bico de Silicone

de 10 10UTC novembro 10UTC 2015

 

Hoje vim falar com vocês sobre um assunto muito polêmico, apesar de ser algo tão natural, A AMAMENTAÇÃO!

Toda mulher grávida sonha com o momento especial que é a amamentação, onde se estabelece o vinculo entre mãe e filho e blá blá blá!

Na prática nem tudo é tão lindo, o leite não desce assim que o bebê nasce, as vezes eles não mamam assim que nascem, o bico do peito fica machucado e por aí vai…

São tantos palpites, tantas coisas acontecendo, a mãe “conhecendo” seu filho e vice e versa… A minha maior preocupação durante a gravidez foi o fato de que o leite demora pra descer e eu ficar muito nervosa com isso (já que a minha família tem 1 milhão de palpiteiros), acabar prejudicando esse momento e por fim o leite secar. Então eu passei a gravidez inteira dizendo pra mim mesma que o leite ia demorar e que eu devia ter calma pra lidar com isso, que o leite ia descer e tudo ia ficar bem.

MAS, sempre tem um MAS, não foi isso que aconteceu. Leite eu até tinha, mas o que aconteceu foi que o Enzo simplesmente não queria/tinha preguiça de mamar, pegava no peito e só dormia, eu toda preocupada e ele não queria nem saber de sugar. As enfermeiras tiravam a roupa dele pra ver se assim ele ficava mais desperto e nada!

Eu havia levado para a maternidade, um intermediário de silicone, mais conhecido como bico de silicone, que a minha GO tinha dito pra eu levar e resolvemos colocar pra ver se com um bico maior ele pegava, mas não, não teve jeito, as enfermeiras disseram que o melhor era o da MAM e o Dudu foi correndo comprar. Realmente o bico é bem maior que o outro que eu tinha e finalmente ele começou a pegar, mas sugava um pouco e depois dormia. Para ele não mamar pouco eu tirava e colocava num copinho e dava para ele tomar, depois colocava ele no seio onde ele mamava mais um pouco e depois dormia novamente.

Na manhã do dia em que fomos pra casa ele começou a ficar mais tempo mamando , quando chegamos em casa tudo normalizou e ele começou a mamar normalmente.

O INTERMEDIÁRIO/BICO DE SILICONE: Eu estava tranquila em amamentar usando o bico de silicone, mas ouvimos tanta coisa, pessoas que vem dizer um monte de besteira (ahh faz isso! não, faz aquilo! isso não é certo! tira isso!) que eu acabei até tentando tirar mas ele não pegou direto, pois já tinha acostumado e optei por não deixar ele irritado e com fome,  acabei colocando rapidinho o bico novamente. O Dudu e Eu, optamos por esperar até a 1ª consulta dele na pediatra para resolvemos o que iriamos fazer (pois os palpites acabam nos deixando inseguros). A Pediatra primeiro examinou, pesou e mediu e já foi logo falando que nós estávamos de parabéns pois ele havia ganhado muito mais peso do que o esperado, vocês estão fazendo tudo certo disse ela. Mesmo assim resolvi falar que estava usando o bico de silicone e ela disse que não havia problema nenhum, que a prova disso estava no ganho de peso dele. Resolvemos então continuar fazendo o uso do bico de silicone e não ligar para as palpites alheios, deixar que falem.

Usei o intermediário de silicone até os 7 meses quando parei de amamentar por escolha minha e acabei por nunca ter as indesejáveis fissuras na mama que muitas vezes acabam fazendo com que a mãe pare de amamentar.

Minha opinião: Usei durante todo o período de amamentação e foi ótimo, nunca tive dor e ele sempre fez a pega e sucção da maneira correta pois sempre tive muito leite. Cada caso é um caso e no meu deu certo.

 

Dicas:

Tentar manter a calma nas adversidades, pois elas vão aparecer, pois eu  não conheço nenhuma mãe que não tenha passado por algum “perrengue” no quesito amamentação. Acho que é a coisa mais importante e mais difícil. Saiba que tudo vai dar certo.

Não se afetar pelo que os outros dizem, as pessoas falam demais e o melhor a fazer é tentar ouvir de menos, pois tem muita gente que não acrescenta nada!

Se você não conseguir amamentar, saiba que isso não muda em nada e também não te faz diferente de nenhuma mãe. A minha não pode me amamentar e eu cresci forte e saudável, tomei leite de vaca, nem existia essa infinidade de fórmulas que existe hoje em dia!

O importante é o seu filho ganhar peso e se desenvolver, se isso está acontecendo você está fazendo certo.

Nunca dê palpites, pense 5 vezes se o que você vai dizer vai acrescentar/ajudar/melhorar a vida da mãe ou do bebê, caso contrário, guarde pra si!

 

 

Resolvi contar como aconteceu comigo, para compartilhar com vocês esse momento tão especial, mas que as vezes não sai como imaginamos.

Essa foi a MINHA experiência.

 

E com vocês, como foi?

 

 

Beijinhos e boa semana!

 

 

Comentários no Facebook